Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unilab.edu.br:8080/jspui/handle/123456789/170
Title: Estudantes Guineenses na UNILAB, Ceará, Brasil
Other Titles: coexistência, representações interétnicas e questões de gênero
Authors: Impanta, Iadira Antonio
Keywords: Guiné Bissau
Migração
Discriminação
Educação
Issue Date: 2015
Citation: IMPANTA, I. A. (2015)
Abstract: O presente Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), intitulado – “Estudantes Guineenses na UNILAB, Ceará, Brasil: coexistência, representações interétnicas e questões de gênero” - teve como objetivo geral fazer um breve estudo sobre a presença das estudantes guineenses na Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB), Redenção, um município da macrorregião do Maciço de Baturité, Estado do Ceará- Brasil. O foco da pesquisa foi a migração feminina, com ênfase na análise de identidades, das questões de gênero, das representações interétnicas, projetos e campo de possibilidades dessa população migrante, que integra a sociedade africana e a guineense em particular. Este trabalho não deixa de estar relacionado com os de outros especialistas, das áreas de ciências sociais e humanas, que abordam questões relativas ao deslocamento estudantil, a pesquisa segue a mesma linha, sendo que neste caso a estudante é vista como imigrante que às vezes acaba assumindo outras responsabilidades, como a de ser mãe. Os dados coletados para a elaboração deste TCC se relacionam a: i) sociabilidade, convivência e redes sociais; ii) relações conjugais e dinâmicas familiares no contexto da emigração estudantil; iii) identidades, coexistência e representações interétnicas; iv) etnicidade, gênero e educação e por último; v) projetos de vida e campo de possibilidades. A pesquisa se constitui em um estudo descritivo, realizado através de um estudo de caso com abordagem qualitativa. Os dados e o material aqui analisados foram coletados através de entrevistas - com questões abertas e fechadas - com as estudantes guineenses na UNILAB e a análise teve como base um referencial teórico multidisciplinar. No total foram realizadas quinze entrevistas (15), numa média de duas horas por entrevista. Durante a pesquisa verificou-se que estas estudantes já mantinham contatos com um ou mais conterrâneos que estudam na UNILAB e foi esse prévio conhecimento da instituição que as fez decidir escolher esta universidade e a cidade de Redenção. Entretanto, a partir da análise dos dados coletados, pôde-se perceber que as redes sociais dessas jovens são bem amplas e diversificadas, não se restringindo a um grupo especifico. Ao fazermos uma discussão sobre a questão de gênero, percebemos que na Guiné Bissau, as políticas e leis em vigor promovem a igualdade de gênero em diversos domínios (educação, acesso a cuidados de saúde). Por outro lado, a sua aplicação é pouco efetiva, não só por causa de algumas disposições legais em contradição com o princípio da igualdade consagrado na constituição da Guiné-Bissau, mas também devido a práticas tradicionais, por exemplo, casamentos prematuros, gravidez precoce. Conclui-se, a partir do estudo, que a integração e a participação mais igualitária das mulheres na família, no trabalho e na sociedade contribui para a coesão social, o desenvolvimento e o bem-estar, assim como para a promoção dos direitos, da cidadania e igualdade de oportunidades.
Description: IMPANTA, Iadira Antonio. Estudantes guineenses na UNILAB, Ceará, Brasil: coexistência, representações interétnicas e questões de gênero. 2015. 90 f. TCC (Graduação) - Curso de Bacharelado em Humanidades, Instituto de Humanidades, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, Redenção, 2015.
URI: http://repositorio.unilab.edu.br:8080/jspui/handle/123456789/170
Appears in Collections:Monografia - Bacharelado em Humanidades (Redenção-CE)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Iadira Antonio Impanta.pdf1,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.