Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1021
Title: Complicações cardiovasculares em hipertensos acompanhados na ESF do município de Acarape
Authors: Monteiro, Wilma Gomes
Keywords: Hipertensão
Complicações
Enfermagem
Issue Date: 2018
Citation: MONTEIRO, W. G. (2018)
Abstract: As doenças cardiovasculares são, atualmente a maior causa de mortes no mundo, dentre as a hipertensão arterial sistêmica é considerada principal fator de risco para complicações, sendo considerado um grande problema de saúde pública. Objetivou-se identificar as principais complicações em usuários cadastrados no HIPERDIA do município de Acarape-CE. Trata-se de um estudo de natureza documental, com abordagem quantitativa, com amostra aleatória simples, através de prontuários. Com indivíduos de diversas faixas etárias e de ambos os sexos, cadastrados nas unidades de estratégica de saúde da família, no município de Acarape-CE que já foram diagnosticados com hipertensão arterial. Com a realização da pesquisa foi possível analisar 240 fichas de usuários cadastros no sistema de HIPERDIA.Durante a coleta de dados foi utilizada a própria ficha do HIPERDIA, porém foi elaborado um instrumento auxiliar para o registro dos dados coletados, constando as variáveis que foram trabalhadas. Dos 240 prontuários analisados, observou-se que os usuários eram compostos, em sua maioria, de sexo feminino (68,2%). A média de idade foi 60 anos com (DP: +15,16) variando de faixa etária entre 28 a 92 anos. Predominando a faixa etária correspondente aos idosos (67,0%), com relação à raça, verifica-se que a maioria dos usuários cadastrados (77,9%) era da cor parda. Quanto à escolaridade, observou-se que grande parte dos clientes não possuía escolaridade, sendo 41,5% dos usuários não sabiam ler/escrever, e 27,6% eram alfabetizados. Quanto aos fatores de risco observa-se que a maioria dos usuários eram sedentários (57,1%). Em relação ao tabagismo, verificou-se que a maioria é composta de não tabagistas (81,0%). Quanto as complicações mais prevalentes foram IAM e cardiopatia (4,2%). O estudo possibilitou conhecer o perfil de usuários destacando que a HA é uma patologia que acomete muitos indivíduos resultando em algumas complicações. No ensejo, o enfermeiro tem papel primordial nas ações de promoção, prevenção e tratamento objetivando a melhora da qualidade de vida desses indivíduos.
Description: MONTEIRO, Wilma Gomes. Complicações cardiovasculares em hipertensos acompanhados na ESF do município de Acarape. 2018. 43 f. TCC (Graduação) - Curso de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, Acarape, 2018.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1021
Appears in Collections:Artigo - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2018_wgmonteiro.pdf2018_wgmonteiro.pdf902,25 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.