Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1166
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorSantos, Anaildes Santana-
dc.contributor.authorRocha, Floricélia-
dc.contributor.authorSilva, Jaqueline Barbosa da-
dc.contributor.authorGuedes, Laecio dos Santos-
dc.contributor.authorCruz, Roberto dos Reis-
dc.date.accessioned2019-02-04T21:00:41Z-
dc.date.available2019-02-04T21:00:41Z-
dc.date.issued2015-12-12-
dc.identifier.citationSANTOS, A. S. et al. (2015)pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1166-
dc.descriptionSANTOS, Anaildes Santana et al. Xenofobia: o olhar de estudantes do Ensino Fundamental II aos africanos residentes em São Francisco do Conde. 2015. 16 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Aperfeiçoamento UNIAFRO - Políticas de Igualdade Racial no Ambiente Escolar) - Instituto de Educação a Distância, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, São Francisco do Conde, 2015.pt_BR
dc.description.abstractCom a instalação do polo acadêmico da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira - UNILAB, em São Francisco do Conde e com a expansão da urbanização, a localidade tornou-se um dos municípios baianos receptores de estudantes de países colonizados por Portugal, Angola, Nova Guiné, Cabo Verde, Moçambique e São Tomé e Príncipe, sendo estes grupos de imigrantes alvos de muitos ataques de xenofobia. As relações socioculturais precisam ser ressignificada quando existe práticas de xenofobismo em uma localidade. Enquanto agente transformador das relações sociais é necessário criar estratégias, projetos, práticas de ensino possível e que atendam a realidade local para combater e amenizar questões sociais como o xenofobismo. Partindo dessa premissa, objetiva-se com este artigo identificar, caracterizar e analisar as ações educacionais praticadas na escola, do Ensino Fundamental II, o Instituto Municipal Luis Viana Neto, instituição escolar deste município, para amenização do xenofobismo praticado pelos estudantes. Acredita-se que este estudo é relevante na medida em que busca refletir e conscientizar as pessoas e estudantes sobre ações de xenofobismo, uma questão local e social através de práticas educativas simples, favorecendo e desmistificado práticas preconceituosas e afirmando o papel da educação e seu poder de colaborar para o desenvolvimento social e o fortalecimento cultural.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectEstudantes africanos - São Francisco do Conde (BA)pt_BR
dc.subjectEstudantes do ensino fundamental - São Francisco do Conde (BA) - Atitudespt_BR
dc.subjectUnilab - Estudantespt_BR
dc.subjectenofobia - São Francisco do Conde (BA)pt_BR
dc.titleXenofobia: o olhar de estudantes do Ensino Fundamental II aos africanos residentes em São Francisco do Condept_BR
dc.typeArticlept_BR
Appears in Collections:Artigos - Aperfeiçoamento em Políticas de Igualdade Racial no Ambiente Escolar - Uniafro

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2015_arti_anaildessantos.pdf2015_arti_anaildessantos.pdf176,65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.