Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2146
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorBarbosa, Carlos Eduardo.-
dc.date.accessioned2021-08-05T12:16:35Z-
dc.date.available2021-08-05T12:16:35Z-
dc.date.issued2018-08-29-
dc.identifier.citationBARBOSA, C. E. (2018)pt_BR
dc.identifier.urirepositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2146-
dc.descriptionBARBOSA, Carlos Eduardo. Spin-offs acadêmicas de biotecnologia: Análise da maturidade tecnológica através da escala Technology Readiness Levels. 2018. 132 p. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociobiodiversidade e Tecnologias sustentáveis (MASTS). Instituto de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável – IEDS, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Redenção, 2018.pt_BR
dc.description.abstractA análise de maturidade tecnológica de spin-offs acadêmicas ainda não é comum no Brasil. Enquanto os atuais processos de incubação são voltados para o desenvolvimento da maturidade empresarial das empresas oriundas de grupos de pesquisas de instituições de ensino ou centros de pesquisas, pouco se discute sobre a maturidade das tecnologias utilizadas para o desenvolvimento de seus produtos. Por isto, este trabalho tem como objetivo desenvolver um framework para avaliação de maturidade tecnológica de spin-offs acadêmicas incubadas na Incubadora da Universidade Estadual do Ceará (Uece). Este framework de avaliação é baseado na escala Technology Readiness Levels (TRL), onde cada nível constitui uma ferramenta estratégica de gestão de projetos. Foram desenvolvidas quatro abordagens de análise de maturidade tecnológica: (a) abordagem segundo o trabalho TRL Calculator; (b) abordagem segundo a Norma Brasileira ISO 16290:2015; (c) abordagem de cálculo Ponderado e (d) abordagem de Percentual por nível. Foram avaliados os produtos de três spin-off acadêmicas do setor de Biotecnologia incubadas pela INCUBAUECE. Os resultados indicaram que as empresas possuem graus de maturidade tecnológica elevados, além de indicar quais atividades as empresas tiveram menor e maior dificuldade em realizar. Além disso, foi possível identificar que as abordagens Ponderada e Percentual demonstraram eficientemente o grau de maturidade tecnológica real das tecnologias analisadas. E, por fim, o instrumento utilizado mostrou-se um excelente guia para o desenvolvimento tecnológico das empresas.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectInovações tecnológicaspt_BR
dc.subjectSpin-off acadêmicapt_BR
dc.subjectBiotecnologiapt_BR
dc.subjectMaturidade tecnológicapt_BR
dc.titleSpin-offs acadêmicas de biotecnologia: Análise da maturidade tecnológica através da escala Technology Readiness Levels.pt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
CARLOS EDUARDO BARBOSA Dissertação.pdfCARLOS EDUARDO BARBOSA Dissertação.pdf1,87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.