Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3634
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorFernandes, Mirian Raquel do Nascimento-
dc.date.accessioned2023-08-10T21:59:43Z-
dc.date.available2023-08-10T21:59:43Z-
dc.date.issued2023-05-30-
dc.identifier.citationFERNANDES, M. R. N. (2023)pt_BR
dc.identifier.urirepositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3634-
dc.descriptionFERNANDES, Mirian Raquel do Nascimento. Cisternas de produção do P1+2 como tecnologia para o fortalecimento da agricultura familiar em Icó, Ceará, Brasil. 2023. 156f. Dissertação (Mestrado) - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS). Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Redenção-CE, 2023.pt_BR
dc.description.abstractO semiárido cearense é uma das regiões que mais sofre com o agravamento das questões climáticas, tendo como consequência estiagens severas com diminuição das médias pluviométricas, e aumento da temperatura que gera diminuição nos níveis hídricos do estado, e consequentemente afeta o sistema produtivo familiar. Para enfrentamento dessas questões, foi criado em 2007, o programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), que tem como estratégia desenvolver tecnologias de acesso à água voltadas a produção de alimentos para as famílias rurais do semiárido brasileiro. Diante disso, objetivou-se com este trabalho apresentar as cisternas de produção do P1+2, como tecnologia para o fortalecimento da agricultura familiar no município de Icó-CE. A metodologia empregada é de abordagem mista com procedimento descritivo-exploratório do tipo estudo de caso, desenvolvida a partir de dados secundários do Instituto Elo Amigo (ELO AMIGO), instituição executora do programa no município. Os resultados apontaram que em relação a caracterização dos beneficiários do programa P1+2, no município de Icó – CE, do ano de 2019, a maior parte dos beneficiários eram do sexo feminino (74%), autodeclarados de cor ou raça parda (78%), com educação básica completa (34,3%), compostos por famílias com até três membros (45,7%) e com idade entre 31 anos e 40 anos (45,7%). Os diagnósticos produtivo e hídrico das famílias antes da implantação do programa, apontaram que as famílias mantinham uma produção diversificada, a cisterna de placa aparece como uma das principais fontes hídricas para manutenção da família e das atividades produtivas. De modo geral, os dados apontaram que a partir do acesso ao programa P1+2 (fomento), as famílias puderam ter as suas atividades produtivas fortalecidas nas áreas de cultivo, criação animal, agroindústria familiar e produção de artesanato. Ao que tange o atendimento das funções atribuído aos projetos produtivos, todas as famílias tiveram aumento da eficiência dentro dos subsistemas e do fortalecimento da relação com o mercado. Quanto a renda,sendo supridas as necessidades alimentares, as famílias podem comercializar o excedente produtivo e com isso gerar uma melhoria de renda. Por fim, a estrutura gerada pelo programa, dá um suporte para que as famílias possam manter uma condição de produção, ao menos mínima no período de estiagem, dando sustentabilidade às condições de trabalho no campo.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectÁguapt_BR
dc.subjectPolíticas públicaspt_BR
dc.subjectSemiáridopt_BR
dc.subjectTecnologias sociaispt_BR
dc.titleCisternas de produção do P1+2 como tecnologia para o fortalecimento da agricultura familiar em Icó, Ceará, Brasilpt_BR
dc.typeDissertationpt_BR
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_ Mirian MASTS_Final.pdf2023_mrdonfernandes.pdf7,04 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.