Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2005
Title: Entomofauna triatomínica do Maciço de Baturité, 2003 a 2014: características ecológicas e relação com a endemicidade da doença de Chagas.
Authors: Bandeira, Maria Adriana Costa
Keywords: Chagas, Doença de
Triatomíneos
Trypanosoma cruzi
Issue Date: 2017
Citation: BANDEIRA, M. A. C. (2017)
Abstract: O presente trabalho teve como objetivo principal caracterizar a fauna triatomínica dos municípios integrantes da região do Maciço de Baturité, referente ao período de 2003 a 2014. Trata-se de um estudo epidemiológico ecológico-descritivo, com dados coletados através do levantamento de informações epidemiológicas obtidas da rotina do Programa de Controle da Doença de Chagas no Estado do Ceará. Existem hoje no Brasil 62 espécies classificadas de insetos da subfamília Triatominae, e seis delas foram notificadas no território do Maciço de Baturité, são elas: T. brasiliensis, P. megistus, P. lutzi, R. nasutus, P. geniculatus e T. pseudomaculata, totalizando 914 exemplares. Dentre elas, as de maior importância numérica foram asT. brasiliensis(500), P. lutzi (303) e T. pseudomaculata(131), capturadas em quase todos os municípios da região. A cidade com maior número de capturas foi Redenção (500). No tocante a infecção por Trypanosoma cruzi das espécies examinadas, T. brasiliensis(25), P. lutzi(16), R. nasutus(01)e P. geniculatus(01) foram as identificadas infectadas, e na grande maioria capturadas no intradomicílio. Verificou-se que os municípios de Acarape com 19%, Barreira com 9,7% e Redenção com 6,7%, apresentaram o índice de infecção mais elevado para o período estudado. Ambos os achados por esta pesquisa, corroboram com o de outros autores, em estudos realizados pelo Brasil, que classificam a espécie T. brasiliensis como em ascensão, com frequentes capturas no intradomicílio e peridomicílio em diversas cidades e regiões. Diante do exposto, se conclui que esta pesquisa poderá auxiliar no diagnóstico do quadro epidemiológico e entomológico da Doença de Chagas, colaborando para a melhoria das ações do Programa de Controle da Doença de Chagas na região do Maciço de Baturité.
Description: Entomofauna triatomínica do Maciço de Baturité, 2003 a 2014: características ecológicas e relação com a endemicidade da doença de Chagas. 2017. 89 f. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociobiodiversidade e Tecnologias sustentáveis (MASTS). Instituto de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável – IEDS, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Redenção, 2017.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2005
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Maria Adriana Costa Bandeira_ TCC.pdfMaria Adriana Costa Bandeira_ TCC.pdf2,63 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.