Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2044
Title: Ecofisiologia de cultivares de abóbora submetidas a dois manejos de solo
Authors: Andrade, Francisca Aline da Silva
Keywords: Agricultura
Ecofisiologia vegetal
Solo - Degradação
Caatinga - Abóbora
Issue Date: 2020
Citation: ANDRADE, F. A. S. (2020)
Abstract: Objetiva-se com esta pesquisa avaliar, as respostas fisiológicas de variedades de abóbora (Cucurbita moschata) submetidas a diferentes manejos agroecológicos, com vistas à obtenção de subsídios para estabelecimento de um manejo promissor dessa hortaliça em condições de campo. O estudo foi realizado em uma propriedade localizada no município de Acarape, Ceará. Foram utilizados dois sistemas de cultivo, são eles: cultivo convencional (cultivo da abóbora na ausência de espécies arbóreas) e cultivo em aleias (cultivo da abóbora em associação com plantas arbóreas nativas) e diferentes cultivares de abóbora, distribuídas em um delineamento de parcelas subdivididas. Foram avaliados: as variáveis fisiológicas de crescimento (área foliar, comprimento das plantas, diâmetro do caule) e trocas gasosas no período de crescimento e de floração (fotossíntese, transpiração, condutância estomática), índice relativo de clorofila e eficiência do uso da água. A análise da variância mostrou que as variáveis altura (ALT), diâmetro do caule (DC), número de folhas (NF) e área foliar (AF) não apresentaram respostas significativas no que diz respeito ao fator ambiente (A). No que se refere às cultivares, observou-se que apenas as variáveis ALT e DC apresentaram respostas significativas ao nível de 1% e 5% de probabilidade pelo teste F, respectivamente. No que diz respeito a interação entre ambiente e cultivares (A x C), somente a variável ALT apresentou resposta significativa a 5% de probabilidade. Verificou-se também que o sistema de plantio na cultura da abóbora não afetou as trocas gasosas, assim como também não interferiu na eficiência do uso da água (EUA) e no índice relativo de clorofila tanto no período de desenvolvimento vegetativo quanto no período de floração das plantas. Acredita-se que o sistema de cultivo em aleias possui grande potencial para ser utilizado como alternativa eficaz na busca por erradicação do uso de insumos sintéticos, bem como na preservação dos recursos naturais da Caatinga.
Description: ANDRADE, Francisca Aline da Silva. Ecofisiologia de cultivares de abóbora submetidas a dois manejos de solo. 2020. 80 p. Dissertação de Mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Sociobiodiversidade e Tecnologias sustentáveis (MASTS). Instituto de Engenharia e Desenvolvimento Sustentável – IEDS, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Redenção, 2020.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2044
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FRANCISCA ALINE DA SILVA ANDRADE Dissertação.pdfFRANCISCA ALINE DA SILVA ANDRADE Dissertação.pdf4,37 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.