Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2172
Title: Abolição e esquecimento
Other Titles: a invisibilidade do negro na cultura e literatura do Ceará
Authors: Silva, Maria Natalha Morais
Keywords: Literatura brasileira
Ceará
Invisibilidade do negro
Issue Date: 19-Dec-2017
Citation: SARAIVA, S. S. (2017)
Abstract: Este artigo analisa a invisibilidade do negro na cultura e literatura cearense, em contraste com a festejada abolição antecipada (1884) e diante da efervescência, menos de uma década depois, do movimento cultural e literário intitulado Padaria espiritual (1892) difundido no jornal O pão. Focaliza também o romance cearense de vertente naturalista, A normalista (1893), de Adolfo Caminha, para exemplificar as diferentes formas que o negro era tratado na literatura brasileira no pós-abolição. Propõe que a negação e o reiterado apagamento simbólico dos africanos e seus descendentes na construção do Estado do Ceará contribuíram para a difusão do discurso problemático, até pouco tempo incontestado, da não existência de negros na chamada “terra da luz e da liberdade”. Dialoga com estudiosos da história do Ceará e da literatura brasileira para compreender o fenômeno e contribuir para a mudança de perspectiva, em curso, sobre o negro no Ceará.
Description: SILVA, Maria Natalha Morais da. Abolição e esquecimento: a invisibilidade do negro na cultura e literatura do Ceará. 2017. 28 f. Artigo (Graduação) -Curso de Letras Língua Portuguesa, Instituto de Humanidades e Letras, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, Redenção, 2017.
URI: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2172
Appears in Collections:Artigo - Letras Língua portuguesa

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MARIA NATALHA MORAIS DA SILVA TCC Artigo.pdf2017_art_mnmdasilva.pdf578,2 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.