Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2750
Title: Rap brasileiro: patrimônio imaterial da cultura entre estudantes da rede pública de Lauro de Freitas, Bahia
Authors: Santos, Whelson dos
Keywords: Instituto Educacional Escola Social de Portão - Projetos
Músicos de rap - Lauro de Freitas (BA)
Rap (Música) - Lauro de Freitas (BA)
Issue Date: 4-Feb-2022
Citation: SANTOS, W. (2022)
Abstract: Este projeto tem como objetivo discutir a importância do RAP Brasileiro como patrimônio imaterial da cultura e instrumento pedagógico de socialização e interação entre alunos/as e professores/as no contexto educacional do Instituto Educacional Escola Social de Portão nas turmas do 8º Ano (A, B e C) e as duas turmas do 9º Ano (A e B), localizado no bairro de Portão, no município de Lauro de Freitas, na Bahia. O gênero musical que está ligado à dança, ao grafite, ao skate, o estilo de roupas diferenciado, possibilita relatar lutas sociais no cotidiano daqueles que vivem nas periferias das diversas conjunturas sociais e culturais. Como denúncia do racismo e preconceito vivido por negros/as nos ambientes sociais e educacionais, retratamos a invisibilidade sofrida da população periférica pelos governantes das diversas esferas e pela sociedade civil. As músicas cantadas no RAP são vozes utilizadas como estratégia de resistência contra as opressões sofridas por aqueles que estão na parte alta da pirâmide social que são conservadores, que tentam apagar o legado afro-brasileiro e africano na história. A metodologia utilizada foi uma aula sobre o rap brasileiro, apresentando as de vida de alguns/algumas rappers, letras músicais que retratam a realidade cotidiana do povo negro na sociedade brasileira que os/as estudantes podem se reconhecer, por meio, da música, dança, realidade vivida, entre outros. Com esta atividade pode-se perceber a interação dos mesmos com o RAP, assim os/as estudantes podem apresentar suas visões ao objeto de conhecimento estudado, podendo dialogar sobre o tema de forma espontânea e demonstrando suas relações e percepções com este estilo. Nessa perspectiva, temos a Lei 10.639/2003 que estabelece a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e africana nas escolas, possibilitando desconstruir o preconceito étnico-racial no âmbito escolar que atravessa o cotidiano dos indivíduos dentro e fora dos contextos escolares.
Description: SANTOS, Whelson dos. Rap brasileiro: patrimônio imaterial da cultura entre estudantes da rede pública de Lauro de Freitas, Bahia. 2022. 25 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Especialização em Metodologias Interdisciplinares e Interculturais Para o Ensino Fundamental e Médio) - Instituto de Educação a Distância, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, São Francisco do Conde, 2022.
URI: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/2750
Appears in Collections:Monografias - Especialização em Metodologias Interdisciplinares e Interculturais Para o Ensino Fundamental e Médio

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2022_mono_whelsonsantos.pdf2022_mono_whelsonsantos.pdf433,43 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.