Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3674
Title: Terapia floral como tecnologia para ansiedade em saúde do idoso à luz da teoria de Betty Neuman: estudo randomizado
Authors: Paiva, Karoline Galvão Pereira
Keywords: Terapia Floral de Bach
Ansiedade
Saúde do Idoso
Issue Date: 25-Apr-2023
Citation: PAIVA, K. G. (2023)
Abstract: A Terapia Floral de Bach trouxe uma abordagem holística ao contexto da pandemia, sendo tecnologia eficaz na prática do cuidado em enfermagem, pois promove alternativas que auxiliam na cura de doenças psíquicas como ansiedade. O remédio de resgate (Rescue Remedy),assim denominado, tem efeito calmante positivo e estabiliza situações de estresse, ansiedade, medo, perdas e situações de desespero e angústia. Objetivou-se analisar a efetividade do uso da terapia floral no tratamento da ansiedade entre idosos. Trata-se de estudo experimental de natureza quantitativa, do tipo ensaio clínico randomizado, de caráter prospectivo, duplo cego, comamostra total de 59 idosos. A coleta de dados ocorreu entre agosto de 2022 a janeiro de 2023, nas cidades de Acarape e Redenção, no estado do Ceará. Foram realizados três encontros: primeiro, apresentação da pesquisa, orientações de uso, esclarecimento de dúvidas pelo idoso/familiar, aferição de sinais vitais, aplicação de questionário e escala traço (pré-teste); segundo: após quinze dias de intervenção, para avaliação clínica e acompanhamento; terceiro (realizado após o trigésimo dia de intervenção), avaliação clínica, aplicação com o instrumento IDATE-E e repetição de alguns itens (com asteriscos) no questionário clínico. Os critérios de inclusão foram: idosos de ambos os sexos, capazes de reconhecer os traços de ansiedade, ser alfabetizado, ter boa acuidade visual e desenvolver suas Atividades de Vida Diária (AVD 's). Os critérios de exclusão: idosos em uso de alguma terapia floral ou terapia complementar, em tratamento psicológico, ser etilista e usar psicotrópico informações autorreferidas pelo idoso. A descontinuidade se deu pelo não uso da terapia no período de cinco dias consecutivos, ou falha na posologia em relação às tomadas, interrupção de dois momentos e ausência às consultas. Respeitou-se a Resolução 466/12 do CNS que regulamenta pesquisas com seres humanos. Sob CAAE:54140121.7.0000.5576. Inscrição nº 1111-1287-7308 REBEC. Participaram do estudo 31 idosos pertencentes ao grupo intervenção e 28 no grupo controle. Osresultados dessa pesquisa apresentaram homogeneidade intergrupos entre as variáveis clínicas e sociodemográficas, com valor de p > 0,05. Na análise das variáveis sociodemográficas e clínicas associadas a escala IDATE-E, mostrou o predomínio de ansiedade nas seguintes características: mulheres, não brancos, sem parceiros, aposentados, com renda menores, tabagista, não etilista, não praticante de atividade física, com insônia e sem contaminação por COVID. A associação intragrupo dos precursores de ansiedade como impaciência, medo, irritabilidade, inquietação, agitação e preocupação familiar, mostram maiores índices de significância (p<0,001) no GI comparado ao GC, após uso do floral Rescue Remedy. Conclui-se que os benefícios que as terapias integrativas, por meio dos florais, conseguiram minimizar a ansiedade gerada no público idoso, sendo esta uma alternativa integradora aos cuidados de saúde com vistas a melhorar a qualidade de vida, a promoção da saúde e a expandir o papel da enfermagem dentro deste cenário.
Description: PAIVA, Karoline Galvão Pereira. Terapia floral como tecnologia para ansiedade em saúde do idoso à luz da teoria de Betty Neuman: estudo randomizado. 2023. 131 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem ((PPGENF) - Instituto de Ciências da Saúde – ICS, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Redenção, 2023.
URI: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3674
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Enfermagem - MAENF

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertação finalizada ajustada 18.05.pdf2023_kgppaiva.pdf4,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.