Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/378
Title: Visão sistêmica e a influência da gestão na cultura e mudança organizacional
Other Titles: estudo de caso de uma unidade de saúde do setor público em Salvador-Ba
Authors: Nascimento, Isa Figueiredo
Bahia, Ricardo Silva
Silva, Viviane Maria Cunha da
Keywords: Cultura organizacional
Cultura e Mudança Organizacional
Issue Date: 2015
Citation: SANTOS, G. S.; NASCIMETNO, I. F.; BAHIA, R.; SILVA, V. M .C. da (2015)
Abstract: Este Trabalho de Conclusão de Curso é um estudo de caso sobre a influência da gestão na cultura e mudança organizacional da Unidade de Emergência Mãe Hilda Jitolu (UEMHJ), situada na Rua do Curuzu bairro da Liberdade em Salvador - BA, ressaltando que se reúne aporte teórico sobre o tema com o objetivo de analisar e compreender de acordo com a visão sistêmica, os parâmetros intrínsecos na gestão que incidem na mudança e cultura organizacional da referida Unidade de Saúde. A metodologia utilizada fundamenta-se na abordagem qualitativa respaldada em coleta e análise de dados. Discorre-se sobre a gestão em saúde pública com a necessidade de promover um trabalho com eficiência e produtividade baseada nos pressupostos do planejamento estratégico. Para tal feito está alicerçada na gestão compartilhada e o pensamento sistêmico que repercute no estímulo do crescimento e oportunidade de mudanças. As políticas públicas direcionadas para a saúde pública, visam alcançar a coletividade e transformar sua realidade por intermédio da instituição do SUS, que por sua vez, tem como base princípios de universalização de cobertura e efetivar a segurança para os usuários. Tendo como base o Plano Diretor de Gestão (PDG) a direção da referida Unidade implementou as mudanças para adequação à proposta de modernização da Administração Pública Estadual, a qual objetiva contribuir para a melhoria dos serviços públicos prestados pelo Poder Executivo. Sob a ótica do comportamento organizacional, este trabalho tenta analisar os impactos da mudança organizacional para os colaboradores e usuários do serviço, se houve resistência à mudança e como esta foi conduzida pelo gestor. Analisa-se que para a efetivação de mudanças na cultura organizacional, se faz necessário o exercício da gestão sistêmica e compartilhada, ação contínua de conscientização e das possibilidades de melhoria que cada um pode fazer, compreende-se a amplitude desse processo que é interligado e que mantem uma rede de conexões entre os pares. Como resultado da pesquisa, percebe-se que o gestor da Unidade desenvolve um perfil inovador e democrático que incide paulatinamente nas mudanças pretendidas, juntamente com uma equipe laboral que se envolve nas propostas e têm consciência da importância de seu papel para a implantação do processo.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/378
Appears in Collections:Monografia - Especialização em Gestão Pública

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Isa Figueiredo Nascimento.pdf926,87 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.