Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/468
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.authorPaiva, João Menezes-
dc.contributor.authorRabelo, João Victor Belém Falcão-
dc.date.accessioned2017-02-06T19:14:36Z-
dc.date.available2017-02-06T19:14:36Z-
dc.date.issued2014-
dc.identifier.citationPAIVA, J. M.; RABELO, J. V. B. F. (2014)pt_BR
dc.identifier.urihttps://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/468-
dc.description.abstractNos últimos anos, o país tem passado constantemente por mudanças relativas às atividades desenvolvidas por gestores públicos. Administrar prefeituras, ou mesmo os estados não é uma tarefa simples, visto que a sociedade está mais crítica para cobrar o destino dos recursos financeiros pagos pelos contribuintes. A transparência, no tocante as ações do governo, promove o fortalecimento em suas relações com a sociedade. O presente estudo acadêmico teve como objetivo analisar a transparência na gestão pública, esse estudo teve como principal ponto de partida a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Acesso à Informação. Ambas vieram reforçar o accountability democrático, com intuito de assegurar essa transparência. A LRF foi o primeiro passo para que os gestores públicos começassem a rever seus atos com relação aos gastos em suas administrações, doravante o reforço foi promovido pela Lei de Acesso à Informação (LAI), que após ser implementada pelo país, revela-se como um mecanismo de efetivo apoio aos governos responsáveis e abertos ao diálogo, buscando trabalhar com mais confiança da sociedade. O trabalho acadêmico contou com o reforço de alguns autores, como, por exemplo, Cruz (2001); Pereira (1998); OSJI (2006); Pinho (2007), entre outros. Em termos metodológicos, o estudo caracterizou-se como um estudo bibliográfico, com suporte numa abordagem bibliométrica das revistas Controle do Tribunal de Contas dos Municípios do Estado do Ceará e de Santa Catarina a partir dos artigos científicos publicados que já faz parte dos periódicos classificados pela Capes como B3. No âmbito da LAI foi realizado pesquisa de campo, na qual foram entrevistados analistas de controle externo do Tribunal de Contas dos Municípios do Ceará, visando compreender a sistemática utilizada pelo Tribunal para aplicação de suas prerrogativas. No que diz respeito à LAI na sua amplitude em todos os níveis de governo e Poderes, considera-se que esta poderá ser discutida para seu fortalecimento no caso da transparência da gestão pública. A aplicação da LAI ocorre de dentro para fora, ou seja, do tribunal para a sociedade como também de fora para dentro, quando os municípios enviam informações ao tribunal, tendo em vista que o TCM é um órgão que fiscaliza a prestação de contas dos municípios, mas ele também deve revelar transparência em suas ações.pt_BR
dc.subjectAbertura de informações ao públicopt_BR
dc.subjectBrasil. Lei de responsabilidade fiscal (2000)pt_BR
dc.subjectTransparência na administração pública - Legislaçãopt_BR
dc.subjectFortaleza - CEpt_BR
dc.titleTransparência na gestão públicapt_BR
dc.title.alternativeo caso da implantação da lei de acesso a informação pelo tribunal de contas nos municípios do Cearápt_BR
dc.typeOtherpt_BR
Appears in Collections:Monografia - Especialização em Gestão Pública Municipal

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
João Victor Belém Falcão Rabelo.pdf698,15 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.