Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/575
Title: Leishmaniose tegumentar americana
Other Titles: aspectos clínicos, epidemiológicos e influência de fatores predisponentes
Authors: Cruz, Gabriela Silva
Fechine, Maria Auxiliadora Bezerra
Costa, Edmara Chaves
Keywords: Leishmaniose cutânea
Epidemiologia
Pacoti - CE
Perfil de saúde
Issue Date: 2016
Citation: CRUZ, G. S.; FECHINE, M. A. B.; COSTA, E. C. (2016)
Abstract: Este estudo teve como objetivo descrever as características clínicas e epidemiológicas da Leishmaniose Tegumentar Americana (LTA) e verificar a influência de fatores predisponentes. Trata-se de um estudo observacional retrospectivo e analítico com revisão das fichas de notificação de LTA dos 13 municípios da Macrorregião de Baturité-CE, no período de 2012 a 2015. O município de Pacoti apresentou um maior número de casos (184/48,81%), seguido por Mulungu (14,59%), Batutité (13,53%) e Guaramiranga (12,47%); 306 (81,17% ) casos são originários das zonas rurais dos municípios e na zona urbana foram identificados 71 casos LTA (18,83%). Dos 377 casos, 169 (44,83%) ocorreram em mulheres e 208 (55,17%) homens. Em 37,23% dos casos, os indivíduos estão dentro da faixa de 30 a 59 anos, seguido por 27,45% com 0 a 14 anos; 26,36% entre 15 e 29 anos e 8,97% em pessoas com 60 anos ou mais. A ocupação/profissão de estudante foi descrita em 114 fichas (30,24%), seguida por agricultor, citada em 65 fichas (17,24%). Janeiro foi o mês com maior número de casos, com 50 notificações (13,26%) e no ano de 2012 houve 145 notificações (38,46%), o maior número observado. A lesão de LTA esteve presente em todos os casos e houve 369 casos de LTA cutânea (98,08%) e 6 casos de LTA mucosa (1,6%). A Intradermorreação de Montenegro foi positiva em 69,5% das fichas de notificação. A utilização do antimonial pentavalente como tratamento de escolha foi descrita em 80,11% das fichas de notificação. Verificou-se associação entre zona de residência e a faixa etária e procedência, destacando-se que os casos concentram-se em área rural para todos os municípios (p=0,000) e predominância dos casos da zona rural para todas as faixas etárias observadas (p=0,062). Conclui-se que a LTA na Macrorregião de Baturité ocorre predominantemente em áreas serranas, acometendo homens adultos, economicamente ativos e residentes na zona rural. A notificação ocorre em até 6 meses após o início das chuvas. A forma cutânea da doença é mais comum na região, sendo a Intradermorreação de Montenegro o exame utilizado para a confirmação do diagnóstico e uso do antimonial pentavalente para a realização do tratamento. Morar em zona rural possui influência significativa para o maior risco em adquirir LTA.
Description: CRUZ, Gabriela Silva. Leishmaniose tegumentar americana americana: aspectos clínicos, epidemiológicos e influência de fatores predisponentes. 2016. 20 f. TCC (Graduação) - Curso de Enfermagem, Instituto de Ciências da Saúde, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, Acarape, 2016.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/575
Appears in Collections:Artigo - Enfermagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Gabriela Silva Cruz.pdf385,14 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.