Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3633
Title: Educação do campo, sociobiodiversidade e tecnologias suatentáveis: as estratégias curriculares para os sujeitos das escolas do campo de ensino médio
Authors: Oliveira Filho, Luis Moreira de
Keywords: Educação-currículo
Educação humana
Egroecológica
Issue Date: 30-Jan-2023
Citation: OLIVEIRA FILHO, L. M. (2023)
Abstract: A escrita deste trabalho dissertativo, Educação do Campo, Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis: as estratégias curriculares para os sujeitos das escolas do campo de ensino médio teve a seguinte questão: como escolas do campo, a partir de suas estratégias curriculares, estão fortalecendo a sociobiodiversidade e desenvolvendo tecnologias sustentáveis para os seus sujeitos, educandos e educandas que vivem e moram em área de assentamento rural? A pesquisa teve como objetivo central investigar como as estratégias curriculares estão colaborando para o fortalecimento da sociobiodiversidade e desenvolvimento de tecnologias sustentáveis para os sujeitos das escolas do campo de ensino médio. A pesquisa se constituiu em um estudo de caso,de abordagem qualitativa, procedimento metodológico exploratório e descritivo, tendo como técnicas e instrumentos da coleta de dados, observação, roda de conversa, aplicação de questionários e análise documental. O campo da pesquisa se deu em duas escolas: a Escola Estadual de Ensino Médio Florestan Fernandes e a Escola Estadual de Ensino Médio Francisco Araújo Barros por estarem entre as escolas do campo com maior tempo de funcionamento, desde o ano de 2010 e por serem de regiões distintas. E os sujeitos da pesquisa foram alunos, professores, gestores, representantes de comunidades dos assentamentos. Sobre os achados da pesquisa, identificou-se que as estratégias curriculares das escolas do campo estão arquitetadas em autores da socialista russa e escola do trabalho proposto por Viktor Nikholaevich Shulgin, Moisey Mikhaylovich Pistrak e a pedagogia dos complexos; Luiz Carlos de Freitas e a pedagogia do meio; pedagogia do MST – Cadernos Base - Setor de Educação do MST; Paulo Freire e a pedagogia libertadora que sustenta a práxis docente, cujo foco principal é a formação humana e a matriz agroecológica para o desenvolvimento de tecnologias de convivência com o semiárido. A título de conclusão, as estratégias curriculares das escolas do campo atuam como alicerces fundantes para instaurar uma nova realidade camponesa em que a matriz agroecológica é bússola para um nova forma de produzir que considera saberes e biodiversidade nativa; que as estratégias curriculares estão bem postas do ponto de vista teórico-metodológico para nortear a práxis docente com os educandos (as), no sentido de que a agricultura de base agroecológica seja uma experiência permanente nas comunidades do assentamento, a partir do Campo Experimental, mas que demandam formação permanente, estudos de professores e gestores, em que a pesquisa, o trabalho socialmente necessário e as matrizes formativas são questões fundamentais no currículo escolar que precisam ser aprofundadas.
Description: OLIVEIRA FILHO, Luis Moreira de. Educação do campo, sociobiodiversidade e tecnologias suatentáveis: as estratégias curriculares para os sujeitos das escolas do campo de ensino médio. 380 f. 2023. Dissertação (Mestrado) - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS). Pró-Reitoria De Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira. Redenção-CE, 2023.
URI: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/3633
Appears in Collections:Dissertação - Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertação_versao_final_luis_moreira_filho.pdf2023_lmdeoliveira.pdf5,03 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.