Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1844
Title: “Eu gosto mais dos branquinhos.” Interações e brincadeiras: a construção da identidade étnico-racial de crianças das séries iniciais do Ensino Fundamental
Authors: Santos, Rafaela Bacelar
Keywords: Estudantes do Ensino Fundamental - Identidade racial
Jogos educativos
Negros - Identidade racial
Issue Date: 7-Feb-2020
Citation: SANTOS, R. B. (2020)
Abstract: Esta pesquisa teve como objetivo analisar, por meio de narrativas, como crianças de séries iniciais do Ensino Fundamental escolhiam seus pares, considerando seus pertencimentos étnico-raciais, para o desenvolvimento de brincadeiras e de interações, dentro e fora do contexto escolar. A pesquisa foi realizada com alunos e alunas das séries iniciais de uma escola de Ensino Fundamental, localizada no município de São Francisco do Conde–Ba. No total, 6 (seis) crianças, na faixa-etária de 8 anos de idade, participaram, como sujeitos da pesquisa. Especificamente, o estudo buscou: (1) Perceber como crianças em suas interações e brincadeiras escolhiam seus pares, considerando seus pertencimentos étnico-raciais; (2) Identificar quais critérios que crianças as das séries iniciais do Ensino Fundamental utilizavam para a escolha de seus pares, em processos de interações e de brincadeiras, dentro e fora do contexto escolar; e (3) Perceber se os critérios utilizados pelas crianças poderiam ser comparados aqueles utilizados por crianças em espaços de Educação Infantil, a partir de pesquisas realizadas com o foco na construção da identidade étnico-racial. O referencial teórico considerou: a) aqueles que se vinculam aos estudos do campo da Sociologia da Infância, compreendendo a criança como sujeito social e de direito b) aqueles que compreendem as interações e as brincadeiras como fundamentais para a construção da identidade e do desenvolvimento das crianças e, ainda, c) aqueles vinculados à compreensão de que a raça é uma construção social, particularmente os Estudos Culturais que entendem a Identidade, também, como uma construção social. Em termos metodológicos, a pesquisa considerou a abordagem qualitativa, nesse sentido, foram utilizados os seguintes procedimentos para a produção de dados: observação, entrevista-conversa, imagens e desenhos, como estratégias de mediação com as crianças. Os resultados demonstraram que crianças das séries iniciais do Ensino Fundamental conhecem e empregam as categorias étnico-raciais, da mesma forma que as crianças que se encontram em espaços de Educação Infantil, adolescentes e adultos; ainda, por meio dos resultados, foi possível compreender que elas, as crianças, selecionavam seus pares considerando os seus pertencimentos étnico-raciais e, o gênero ao qual pertenciam, reproduzindo, assim, o racismo e o preconceito, presentes na sociedade brasileira.
Description: SANTOS, Rafaela Bacelar. “Eu gosto mais dos branquinhos.” Interações e brincadeiras: a construção da identidade étnico-racial de crianças das séries iniciais do Ensino Fundamental. 2020. 74 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Instituto de Humanidades e Letras dos Malês, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira, São Francisco do Conde, 2020.
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/1844
Appears in Collections:Monografias - Licenciatura em Pedagogia (São Francisco do Conde)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
2020_mono_rafaelasantos.pdf2020_mono_rafaelasantos.pdf1,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.