Please use this identifier to cite or link to this item: repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/954
Title: Oleo de frango como matéria-prima para a produção de biodiesel
Other Titles: emprego de lipases combinadas como catalisador
Authors: Gomes, Pedro Henrique de Lima
Keywords: Biodiesel-Brasil
Biocombustíveis-Brasil
Esteres Etílicos (biodiesel)
Issue Date: 2017
Citation: GOMES, P. H. L. (2017)
Abstract: A síntese de biodiesel via rota enzimática oferece muitas vantagens frente a rota química, tais como uma elevada seletividade, menor formação de produtos secundários e resíduos, e fácil recuperação dos biocatalisadores. Neste sentido, o presente trabalho tem como objetivo a produção de ésteres etílicos (biodiesel) a partir da esterificação do óleo de frango tendo como catalizador lipases combinadas. Neste trabalho a combinação de lipases foi utilizada partindo do principio que a combinação pode aumentar a taxa de reação, diminuir os níveis de glicéridos residuais e ampliar o nível de especificidade ao substrato. A síntese de ésteres etílicos foi realizada em seguida aos ensaios de caracterização físico-química e determinação do perfil de ácidos graxos (obtidos por CG-EM) realizados para o óleo de frango. Buscando avaliar o comportamento das lipases foram realizados ensaios para avaliar a atividade enzimática, para observar a estabilidade operacional e a cinética reacional das mesmas. As reações de esterificação ocorreram na presença da combinação das lipases comerciais Lipozyme® RM-IM (75%) e Novozym® 435 (25%), para uma razão molar de 1:1 (etanol: óleo de frango), em agitação de 150 rpm e para as condições impostas pelo planejamento experimental fatorial completo 2³ gerado pelo software STATISTICA® 10.0. As superfícies de respostas geradas no tratamento estatístico identificaram que a melhor conversão em ésteres etílicos (58,85±0,38%) é obtida a 40ºC, usando 6% de biocatalisador e 10% de água. Análise estatística realizada indicou que existe uma influência significativa, de forma independente, da temperatura, massa de catalisador e teor de água sobre o valor da conversão em ésteres etílicos. Por fim, os ésteres etílicos passaram por uma caracterização físico-química e por uma análise qualitativa através da Cromatografia em Camada Delgada – (CCD), confirmando a formação dos ésteres etílicos (biodiesel) e a presença de ácidos graxos não reagidos. Este trabalho aproveita e agrega valor a gordura de frango (resíduo industrial) ao produzir biodiesel (biocombustível de alto valor comercial) ao passo que busca otimizar essa produção usando combinação de lipases como catalisador.
Description: GOMES, Pedro Henrique de Lima. Oleo de frango como matéria-prima para a produção de biodiesel: emprego de lipases combinadas como catalisador. 2017. 82 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia de Energia, Instituto de Engenharias e Desenvolvimento Sustentável, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-brasileira, Acarape-Ceara, 2017
URI: https://repositorio.unilab.edu.br/jspui/handle/123456789/954
Appears in Collections:Monografia - Engenharia de Energias

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tcc com ficha.pdf2016_mono_phlgomes.pdf52,88 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.